Email

contato@degraupublicidade.com.br

Telefone

(11) 5667-5949

Endereço

Rua Jair de Mello Viana, 65
São Paulo
Brasil

Google AdWords é muito mais do que o Google

Saiba como potencializar suas campanhas com o Google AdWords

Para quem não está familiarizado com as funcionalidades do Google AdWords, a primeira ideia que surge é sobre os anúncios localizados no topo da primeira página de busca do Google, conhecidos como anúncios na Rede de Pesquisa. Mas, a ferramenta AdWords não se limita apenas a pesquisas e palavras-chaves.

Para começar a entender as possibilidades e abrangências dessa ferramenta, o futuro anunciante deve conhecer muito bem o que é Rede de Display, o que é Google Shopping e segmentação.

Se você não faz ideia do que se trata os pontos apresentados acima, te convidamos para ler este artigo até o fim, pois iremos mostrar que o AdWords é mais do que o Google.

O que é Rede de Display?

YouTube, Blogger, Gmail, Google+, Finance e Google Play, assim como os sites parceiros do gigantesco Google, compõem a rede de display – que em português significa rede de exibição – do AdWords.  Ou seja, na rede de display o anunciante deve focar o seu trabalho em conteúdo e segmentação. Mais do que anunciar, é importante disponibilizar informações personalizadas de acordo com os interesses do público-alvo, colocando a sua campanha em canais com um poder de assertividade bastante interessante.

O AdWords analisará, por exemplo, qual tipo de conteúdo o seu cliente em potencial está consumindo e com base nesse comportamento serão exibidos anúncios que tenham compatibilidade com esse futuro cliente. O diferencial é que o conteúdo não será exibido no buscador para consumidores em geral, mas sim, em sites parceiros e associados ao Google AdSense.

Conheça os tipos de anúncios na Rede de Display

O anunciante pode trabalhar com imagens, vídeos, áudio e texto. O segredo é fazer com que o seu público-alvo se interesse e interaja com o conteúdo que ficará hospedado em um site parceiro do Google.

Os anúncios no YouTube, por exemplo, são personalizados de acordo com o interesse do público. Por meio do histórico de navegação, contas dos usuários, aplicativos e localização geográfica é possível conhecer e rastrear o perfil de cada cliente em potencial.

Além disso, o YouTube é uma das plataformas que transformaram a trajetória do consumidor. Hoje, é muito mais prático ver resenhas e artigos de produtos em forma de áudio, vídeo e imagens. A ida em uma loja física somente para conhecer um determinado item é cada vez menor, e os anúncios no YouTube contribuíram para isso.

O que é Google Shopping?

Como vimos, o Google AdWords não se limita a rede de pesquisa, o que torna as campanhas nesta ferramenta ainda mais importantes para as empresas de diferentes segmentos e portes. Agora, vamos conhecer o que é o Google Shopping. Esse é um canal que aparece na rede de pesquisa do Google com foco na conversão em vendas.

Quando o usuário pesquisa um produto no qual esteja interessado, aparecerá nos resultados um grupo de links patrocinados com preços, fotos e o nome da loja, às vezes, até resenhas de outros usuários que já realizaram a compra.

Esse é um sistema de anúncios do Google que funciona como um comparador de preços, que facilita muito a vida do consumidor e amplia as chances de conversão em vendas dos anunciantes.

Saiba quais são as segmentações presentes no Google AdWords

Bom, agora chegou o momento de conhecermos o poder das segmentações no Google AdWords. Elas podem ser demográficas, por tipo de público, categorias de interesse e ainda, por remarketing.

Na Rede de Display, ao segmentar o seu conteúdo por palavras-chaves, é possível incluir URLs, aplicativos e conteúdos de interesse do público que acessa os sites parceiros do Google. O sucesso da segmentação dependerá das configurações utilizadas para projetar a campanha na ferramenta.

O remarketing é uma segmentação muito utilizada no marketing digital, pois pode gerar conversões futuras. Por já ter interagido ou visualizado uma campanha anteriormente, existe a possibilidade do usuário realizar uma compra devido a esse “lembrete” enviado pelo remarketing. No entanto, é preciso tomar cuidado para não perseguir de forma inconveniente o consumidor, enchendo os usuários com campanhas repetidas.

Agora que você já sabe o que é Rede de Display, o que é Google Shopping e o poder dos anúncios no YouTube, que tal começar a impulsionar as campanhas de marketing digital da sua empresa? Entre em contato conosco e saiba como a nossa equipe irá fazer a sua companhia decolar.

Alguma sugestão ou dúvida sobre o tema?

Envie pra gente.

[recaptcha]